Tag Archives: Gastronomia

Ações sustentáveis: um aeroporto e um restaurante

11 Jun

Muitas vezes temos a sensação de que a solução para problemas só são possíveis com grandes atitudes. Porém, qualquer mudança em uma escala global é muito mais difícil de ser alcançada. Por isso é que ideias pequenas podem mostrar novas possibilidades de se abordar um problema pontualmente e, porque não, ser replicada em outras cidades e países.

Aqui vão dois exemplos de atitudes que podem ser tomadas em qualquer contexto:

Parede antipoluição em aeroporto no Canadá

1,4 mil metros quadrados e 8 mil plantas de 32 espécies diferentes. Essa é a parede ecológica no Aeroporto Internacional de Edmonton, no Canadá (Alberta), mais um projeto da empresa Green Over Grey (Verde sobre o Cinza, em uma tradução livre). Aos poucos, as plantas crescerão e darão um ar mais tridimensional para a instalação. Um detalhe: tudo nela é sustentável. Os painéis de sustentação foram produzidos com plástico descartado e fibras têxtil recicladas e ela recebe água de forma hidropônica.

Gastronomia solar

A ideia é genial: panelas posicionadas acima de grandes placas que refletem a luz do sol. Os criadores do projeto dizem que é possível atingir uma temperatura de 300°, além de ser mais rápido que um fogão tradicional, já que o calor é praticamente instantâneo. Claro, o funcionamento está condicionado a um dia ensolarado, mas a experiência de almoçar em um belo dia no parque da cidade do Porto é excelente. Assista aqui a uma reportagem sobre o restaurante.

Restaurantes sustentáveis

28 Maio

Um dos grandes problemas do mundo é o desperdício gerado por nossos processos. Desperdiçamos energia, água, alimentos e até o próprio desperdício. Como é possível desperdiçar o desperdício? Pense em uma cozinha de restaurante. Os cozinheiros descascam uma batata para fazer um purê e prontamente eliminam a casca; considerada um desperdício. Essa mentalidade vai de encontro ao que vemos na natureza, onde o resíduo é o princípio do ciclo. Não existe excedente, o ciclo é fechado e contínuo.

Inspirado por isso o chef Arthur Potts-Dawson resolveu criar empreendimentos que não tivessem desperdício. No Acorn House, um de seus restaurantes, a preocupação com a sustentabilidade está em todos os detalhes: a madeira das mesas e dos bancos, sistema de aquecimento/resfriamento, reaproveitamento e filtragem de água e até na cozinha. Ali, após o preparo dos alimentos, os resíduos são transformados em compostagem pra uma horta na parte de trás do restaurante. Obviamente, o que sai da horta vai direto pros pratos servidos.

Assista a palestra do chef no TED (com legendas em português):
 

São atitudes como a dele que, aos poucos, mudarão a mentalidade das pessoas em relação à sustentabilidade de suas ações.

%d bloggers like this: